Internacional

Procurador-geral dos EUA, William Barr autoriza investigações sobre ‘irregularidades’ nas eleições presidenciais

10/11/2020


Sputnik com 247 – O procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, autorizou , nessa segunda-feira (9), procuradores federais de todo o país a abrirem investigações sobre irregularidades nas eleições, enquanto Donald Trump continua afirmando que perdeu a votação devido a uma fraude no sistema eleitoral americano.

Barr, que é aliado de Trump, afirmou em carta aos procuradores do país que não se trata de uma indicação de que o Departamento de Justiça tenha provas de casos genuínos durante as eleições. Mas libera os funcionários de antigas restrições a esse tipo de investigação, em meio a denúncias dos republicanos de que houve votos ilegais e irregularidades na apuração.

“Uma vez que a votação nas atuais eleições foi concluída, eu os autorizo a investigar denúncias substanciais de irregularidades na votação e no processo de recontagem, antes da certificação das eleições em suas jurisdições em certos casos”, determinou Barr.

Em 3 de novembro, os americanos foram às urnas definir quem deverá governar os Estados Unidos pelos próximos quatro anos: o atual presidente, Donald Trump, do Partido Republicano, ou o democrata Joe Biden.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.