Internacional

Reação adversa grave faz Oxford e AstraZeneca suspenderem testes com vacina anti-covid

08/09/2020


247 – A Universidade de Oxford junto à farmacêutica AstraZeneca, que preparam uma aguardada vacina contra a covid-19, interromperam os testes em função de uma suspeita de reação adversa grave em um dos participantes da pesquisa

Segundo o site, um porta-voz da AstraZeneca afirmou em comunicado que o “processo de revisão padrão desencadeou uma pausa na vacinação para permitir a revisão dos dados de segurança”.

A reportagem do portal Exame destaca que “o porta-voz descreveu a pausa como “uma ação de rotina que deve acontecer sempre que houver uma doença potencialmente inexplicada em um dos testes, enquanto ela é investigada, garantindo a manutenção da integridade dos resultados”.

A matéria ainda sublinha que “o porta-voz também disse que a empresa está “trabalhando para agilizar a revisão do evento único para minimizar qualquer impacto potencial no cronograma do teste”. As suspensões clínicas não são incomuns e ainda não está claro quanto tempo pode durar.”


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.