Nordeste

Retomada da operação da Fafen em Sergipe está prevista para janeiro de 2021, diz governo

Segundo o executivo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico do estado, Marcelo Menezes, fábrica deve gerar novos empregos e movimentar cadeia produtiva do setor.

04/08/2020


Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados, Fafen Sergipe — Foto: Mário Sousa/Governo de Sergipe

A Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen) em Sergipe deve retomar a operação a partir de janeiro de 2021. A informação foi confirmada, na manhã desta terça-feira (4), pelo superintendente executivo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico do estado, Marcelo Menezes.

Segundo ele, na tarde desta terça-feira (3), será realizada uma solenidade onde será concluído o processo de arrendamento, iniciado em 2019, quando a Petrobras fechou acordo com a Proquigel Química para arrendar suas fábricas de fertilizantes na Bahia (Fafen-BA) e em Sergipe (Fafen-SE) por dez anos.

“Hoje é um marco da entrega do imóvel e o início do contrato de arrendamento, quando a Proquigel assume as instalações das fábricas de Sergipe e da Bahia. Iniciando a recuperação e revisão das suas instalações para que em janeiro de 2021 haja a retomada da produção da Fafen de Sergipe”, disse o superintende.

Menezes também disse que a reabertura da fábrica vai gerar empregos e movimentar a cadeia produtiva do estado. “A expectativa é que sejam gerados cerca de 1.500 empregos nas duas unidades que tem capacidade parecida. Podemos entender como sendo 750 empregos para Sergipe e 750 para Bahia. Temos conhecimento que o fertilizante tem uma forte cadeia produtiva em Sergipe, e certamente a retomada da produção terá um impacto muito grande em toda a economia do estado”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.