Brasil

Walter Santos: as chances reais de Aguinaldo Ribeiro presidir a Câmara Federal diante de um concorrente hábil de nome Baleia Rossi

Até que a próxima segunda-feira (21) teremos definido um outro estágio da importante eleição para a Câmara e Senado Federal, onde nesse contexto habita um personagem paraibano/global chamado Aguinaldo Ribeiro (Progressistas) atualmente no páreo para conseguir se eleger presidente da Câmara Federal.

Ao longo dos anos, de forma efetiva em diversos cenários da vida política nacional, Aguinaldo Ribeiro granjeou em torno de si a expansão e habilidade de articulação merecendo muito mais confiança da base do ‘Centrão’ do que de crítica, exceto da Esquerda, que mesmo assim admite votar nele se for o nome escolhido pelo atual presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), o avalista.

Mas, pela conjuntura posta, ele tem diante de si um outro postulante hábil, o deputado federal Baleia Rossi, também presidente do MDB, agora perdoado circunstancialmente pela Esquerda por força do recente papel golpista, por isso, pelas condições existentes eis um adversário com potencialidades.

Diferentemente de Aguinaldo, do PP (Progressistas), que tem o maior adversário, Arthur Lira (PP-AL), sendo da mesma sigla com apoio de Bolsonaro, Baleia Rossi não tem esse problema real, razão pela qual levar todo MDB em bloco lhe fortalece.

É dentro deste cenário que só resta a Aguinaldo convencer ou virar votos dentro de entendimentos pessoais além dos acordos partidários a lhe fazer a ganhar a disputa com Baleia Rossi.

De qualquer forma, é um quadro que tomou dimensão nacional sem contar o fato de ser o relator da reforma mais importante para o País a preço de hoje, que é a Tributária, sabendo que o alinhamento do futuro presidente será de não submissão ao Palácio do Planalto.

Leia outros artigos


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp