Brasil

Ameaças de Sérgio Reis contra o Senado e STF serão investigadas

Foi aberto um inquérito no Departamento de Combate à Corrupção (Decor), do Distrito Federal, para investigar o cantor e ex-deputado federal Sérgio Reis (PRB-SP), por conta do vídeo divulgado nas redes sociais convocando caminhoneiros para um cerco a Brasília no feriado da Independência.

 

“Vou dizer ao presidente do Senado que eles têm 72 horas para aprovar o voto impresso e tirar todos os ministros do STF. Isso não é um pedido, é uma ordem”, diz o cantor em tom de ameaça.

 

De acordo com reportagem do site Metrópole, o cantor deve ser intimado a depor nos próximos dias, antes do início de setembro. Ele será investigado por suposta associação criminosa voltada à prática dos crimes previstos nos artigos 129, 147, 163 e 262 do Código Penal

A esposa do cantor, Ângela Bavini, disse em entrevista à colunista Mônica Bérgamo, da Folha de S.Paulo, que o cantor “está muito triste e depressivo porque foi mal interpretado”. Está magoado demais”, disse.

Com 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp