Nordeste

BNB explica como mantém política de microcrédito e ajusta estratégias para futuro

Da redação/Portal WSCOM

Após questionamentos sobre um contrato com ONG no valor de aproximadamente R$ 600 milhões por ano, o Banco do Nordeste (BNB) divulgou nota nesta terça-feira (28), explicando que a contratação está em conformidade com legislação vigente e é para operar o microcrédito produtivo e orientado urbano, com Crediamigo e Agroamigo.

O BNB lançou nota pública, assinada pelo diretor de relações com investidores, Hailton José Fortes, detalhando que o termo de parceria com o Instituto Nordeste Cidadania (Inec), organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP), existe desde 2003, quando teve início o processo de expansão do programa de microcrédito produtivo e orientado urbano do Banco do Nordeste.

 

“Sua contratação está em conformidade com a legislação vigente. O Inec presta o serviço de operacionalizar os programas de microcrédito do Banco do Nordeste. No sentido de avaliar oportunidades e buscar a melhor eficiência de sua atuação, o BNB deu início, em 2019, a estudos técnicos e avaliações, tendo inclusive contratado um banco de investimento para reavaliar sua atuação no segmento de microcrédito, iniciando pelo programa urbano (Crediamigo)”, frisa o comunicado.

Conforme o BNB, eventuais mudanças no modelo de atuação do banco, no segmento de microcrédito, necessariamente precisam seguir os princípios da governança, compliance, ética, integridade e transparência, “valores imprescindíveis na tomada de decisão de uma operação de tamanha complexidade”.

Informa ainda que, no momento, a instituição está na fase de modelagem desta atuação, definindo os parâmetros dos serviços. Quando concluídos os estudos, e se aprovadas as propostas de alteração da atuação, haverá divulgação ao mercado.

 

“Alterações que venham a ser implementadas, sempre visarão as melhores condições de custo/benefício oferecidas para todos os stakeholders (interessados no BNB) envolvidos, buscando elevar ainda mais eficiência e efetividade da atuação do Banco”, finaliza a nota.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp