Internacional

China pronta para impulsionar cooperação em vacinas contra COVID-19 com Alemanha, diz Xi

Beijing (Xinhua) — O presidente chinês, Xi Jinping, disse nesta terça-feira que a China está pronta para fortalecer o intercâmbio e a cooperação com a Alemanha nas vacinas contra a COVID-19 e pressionar para que elas sejam distribuídas de forma justa como um bem público global, especialmente beneficiando os países em desenvolvimento.

Xi fez as observações em uma conversa telefônica com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Lembrando que ele e Merkel participaram da cúpula do Grupo dos 20 há dias atrás, Xi observou que ambos os lados defendem a manutenção do multilateralismo, o fortalecimento da cooperação internacional, a união de forças contra a doença do coronavírus, o revigoramento da economia mundial e o enfrentamento conjunto dos desafios globais.

Atualmente, com a Europa e outras regiões do mundo enfrentando o teste de uma segunda onda da pandemia, continua sendo uma prioridade máxima para todas as partes trabalharem juntas para combater a epidemia, ressaltou Xi.

Desde o início do surto, a China e a Alemanha têm mantido a comunicação de forma flexível, com a cooperação prática continuando a avançar, observou Xi.

A China está fomentando ativamente um novo padrão de desenvolvimento e expandindo firmemente a demanda doméstica e a abertura, o que trará novas oportunidades para a Alemanha, ressaltou Xi, acrescentando que a China também espera que a Alemanha e a União Europeia estejam abertas às empresas chinesas.

Ele sugeriu que os dois lados mantenham o respeito mútuo e sempre se atenham à direção geral do diálogo e da cooperação, bem como ao princípio geral do benefício mútuo.

Xi também transmitiu sua esperança de que a nova rodada de consultas intergovernamentais China-Alemanha faça planos para a cooperação dos dois países em vários campos.

Apontando que a cooperação China-UE está ganhando mais importância global e estratégica na complicada situação internacional, Xi disse que os dois lados precisam aumentar a confiança e a cooperação mútuas, fortalecer o intercâmbio e o aprendizado mútuos, salvaguardar o multilateralismo e melhorar a governança global.

Ele lembrou que uma série de consensos foram alcançados durante sua videoconferência com Merkel, com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, e com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em setembro, acrescentando que todos estão sendo implementados.

A China, acrescentou, está pronta para manter uma comunicação estreita e contínua com a UE em suas principais agendas para a próxima fase e se esforçar para concluir as negociações do tratado de investimento China-UE, conforme previsto.

Ele também pediu esforços conjuntos para promover o estabelecimento de mecanismos de diálogo China-UE sobre meio ambiente e clima, bem como cooperação digital, fazer da China e da UE parceiros ecológicos e parceiros digitais, injetando um forte impulso no desenvolvimento da parceria estratégica abrangente China-UE sob as novas circunstâncias.

Por sua vez, Merkel observou que o mundo está passando por profundas mudanças e que a Europa está enfrentando o impacto de uma segunda onda da pandemia.

O fato de a China ter feito um bom trabalho na prevenção e controle da COVID-19 e assumido a liderança na recuperação econômica é uma boa notícia para as empresas alemãs, disse ela, expressando a esperança de que os dois lados aumentem a comunicação sobre a cooperação em vacinas e impulsionem a cooperação em campos como comércio, investimento e veículos de nova energia.

O lado alemão, acrescentou, parabeniza a China por ter assinado o acordo de Parceria Econômica Abrangente Regional com as partes relevantes, e espera intensificar os esforços com a China para promover a conclusão das negociações sobre o tratado de investimento UE-China até o final deste ano.

A Alemanha aprecia muito o anúncio da China de suas metas e visões de médio e longo prazo para a resposta às mudanças climáticas, e espera aprofundar a cooperação bilateral em áreas como mudança climática e meio ambiente ecológico, acrescentou a chanceler.

A Alemanha está pronta para continuar a manter uma comunicação estreita com a China sobre as principais agendas políticas Alemanha-China e UE-China para a próxima fase, disse ela, acrescentando que continuará comprometida em impulsionar o desenvolvimento sustentável e sólido das relações Alemanha-China e UE-China.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você