Política

Churrascaria em NY faz ‘puxadinho’ para Bolsonaro almoçar e fugir de restrições por não estar vacinado

Com o objetivo de driblar a norma em vigor na cidade que proíbe a entrada de não vacinados em restaurantes, a filial da churrascaria brasileira Fogo de Chão em Nova York “construiu” um “puxadinho” externo, com mesas ao ar livre cercadas por tapumes pretos, para que Jair Bolsonaro e sua comitiva almoçassem nesta segunda-feira (20), informa a BBC Brasil.

 

Bolsonaro e alguns de seus ministros estão no exterior para participar da 76ª Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU).

 

“Ele ficou na área externa porque é a área permitida para pessoas sem vacinação. Então, arrumamos tudo pra ele poder vir almoçar com a gente nesse dia do gaúcho [20 de setembro]”, afirmou Francisco Kappa, gerente da churrascaria. “Ele fez questão de sentar do lado de fora, até porque do lado de dentro a gente não deixaria porque violaria a lei de Nova York”.

 

O gerente se disse “muito fã” de Bolsonaro, mas garantiu que ele e seus funcionários estão 100% vacinados. Ele não quis comentar a posição do chefe do governo brasileiro de negar a vacinação.

 

Estiveram com Bolsonaro no “puxadinho” os ministros Marcelo Queiroga (Saúde), Carlos França (Relações Internacionais) e Augusto Heleno (GSI).

 

Segundo a BBC, Bolsonaro caminhou pela 5ª Avenida até o hotel em que está hospedado após almoçar e, no trajeto, foi xingado de “assassino” por uma brasileira que o reconheceu.

Com 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp