Nordeste

Flávio Dino critica Bolsonaro e diz que ataque a governadores na ONU é desleal

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), classificou como “deslealdade” Jair Bolsonaro criticar a gestão da pandemia de Covid-19 feita por governadores e prefeitos do Brasil em seu discurso na ONU nesta terça-feira (21).

 

“Muita deslealdade de um chefe de Estado usar a tribuna da ONU para atacar governadores e prefeitos do seu país. E para insistir em mentiras sobre a pandemia. Esse é o Bolsonaro ‘moderado’?”, rebateu Dino em suas redes sociais.

 

Em seu discurso, Bolsonaro afirmou que a população brasileira foi obrigada a ficar em casa por decisão de governadores e prefeitos durante a pandemia. “No Brasil, para atender aqueles mais humildes, obrigados a ficar em casa por decisão de governadores e prefeitos e que perderam sua renda, concedemos um auxílio emergencial de US$ 800 para 68 milhões de pessoas em 2020”, disse Bolsonaro.

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp