Ceará

Ginecologista é preso no Ceará suspeito de estupro de pacientes

O ginecologista Ricardo Teles Martins foi detido em Fortaleza (CE) no dia 7 de julho suspeito de estuprar pacientes. Até o momento, seis mulheres apresentaram denúncia contra o médico, que atendia na rede municipal de Hidrolândia.

 

“O caso, que estava a cargo da Delegacia Municipal de Santa Quitéria, foi concluído e remetido à Justiça. O suspeito, que foi indiciado, encontra-se à disposição da Justiça”, afirmou a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará.

 

O caso ficou público quando uma jovem de 18 anos usou suas redes sociais para dizer que havia sofrido violência por parte de Martins dentro do consultório dele na Unidade Básica de Saúde (UBS) Cosma Maurício de Sousa.

 

“Ele começou o procedimento normal, depois de um certo tempo, começou a se encostar e chegar mais próximo a mim, tentar me agarrar, me beijar e fazer perguntas eróticas e fora do comum”, escreveu Clara Carvalho.

 

Depois de seu relato, outras mulheres enviaram mensagens descrevendo atos de assédio cometidos pelo mesmo médico.

 

Em posicionamento enviado ao UOL, o advogado do médico, Jorge Mota, disse que “acreditamos na inocência [do médico] e estamos trabalhando para provar a sua inocência”.

 

Em nota, a Prefeitura de Hidrolândia afirmou que o servidor foi “afastado para melhor elucidação e averiguação do fato” após o suposto caso de assédio sexual.

 

Nos últimos dias, o Brasil ficou estarrecido pelo caso de outro médico que estuprava pacientes, o anestesista Giovanni Quintella Bezerra. Um vídeo o flagrou colocando seu pênis na boca de uma paciente durante a cesária. Ele virou réu e responderá por estupro de vulnerável.

247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp