Internacional

Golpistas derrotados nas urnas voltam a ameaçar a Bolívia e querem impedir a posse de Luis Arce

07/11/2020


247 – O candidato de extrema direita derrotado nas eleições presidenciais da Bolívia, Luis Fernando Camacho, afirmou nesta sexta-feira (6), que vai às ruas com seus seguidores para protestar e alcançar seus objetivos, inclusive evitar a posse do presidente eleito, Luis Arce, e seu vice David Choquehuanca, marcada para este domingo na sede do Governo.

“Se estamos nas ruas é porque sabemos que muitas coisas podem ser alcançadas e entre elas está que esta posse não se concretize”, disse Camacho.

Em sua opinião, a posse do presidente e vice do Movimento ao Socialismo (MAS), que venceram as eleições gerais de 18 de outubro, pode ser evitada com um decreto da presidente Jeanine Áñez que ordene uma auditoria das eleições.

No entanto, disse ter conhecimento de que a posse dos novos presidente e vice está muito próxima, mas argumentou que se o decreto ainda poderia ser editado a tempo de suspender a cerimônia, até que saiam os resultados da referida auditoria.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.