Política

Governo de Sergipe envia à Assembleia projeto de aumento da remuneração do Magistério

O Governo de Sergipe enviou, nesta terça-feira (15), o Projeto de Lei para reajuste da remuneração dos professores da rede estadual à Assembléia Legislativa de Sergipe (Alese). Com a proposta, Sergipe supera o reajuste de 33,24% do piso nacional. O pagamento será retroativo ao mês de janeiro.

 

Além do reajuste, o Governo garante a incorporação de 40% de vantagens para a aposentadoria (gratificações de regência, pedagógica I e II). A incorporação dos 40% de vantagens evita que professores que solicitam a aposentadoria percam automaticamente parte de seu salário, já que a Emenda Constitucional nº 103 (reforma da previdência), proíbe a incorporação dessas gratificações. Serão beneficiados com as medidas mais de 21.500 profissionais, entre professores e pedagogos efetivos, professores com vínculo temporário e inativos.

 

Com a aprovação do PL, o professor em início de carreira, por exemplo, que tinha uma remuneração de R$ 4.040,61, com o reajuste salarial, as incorporações e o abono, passará a receber R$ 5.383,71, valor acima do piso nacional, que atualmente é de R$ 3.845,63.

 

A partir da aprovação do projeto, Sergipe passa a ser o 2º estado no Nordeste e o 8º do país que melhor remunera professor.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp