Bahia

Prefeitura de Salvador posta ‘guia para não ser turista babaca’

Depois da ofensa cometida por dois turistas do Rio de Janeiro contra uma mulher vestida com roupas de candomblé, no Largo do Pelourinho, a prefeitura de Salvador lançou um “guia para não ser um turista babaca”, nas redes sociais.

De maneira educativa e bem-humorada, o “tutorial” mostra dicas para convívio em harmonia, respeitando a diversidade, sem reforçar estereótipos negativos, e com recomendações para socializar em tempos ainda de pandemia.

Na postagem, ilustrada com belas imagens de pontos turísticos da capital baiana – inclusive o Pelourinho, onde ocorreu a situação – é reforçado que o uso da máscara continua obrigatório na cidade, para evitar disseminação do coronavírus.

Prefeitura de Salvador publica "guia para não ser um turista babaca" — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Prefeitura de Salvador publica “guia para não ser um turista babaca” — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O texto também pede respeito às mulheres e para que as pessoas não zombem da fé alheia. A publicação, feita na quarta-feira (18), obteve quase 63 mil curtidas e milhares de comentários, menos de 24h depois que foi ao ar.

“Tem que escrever em outdoor para ver se a galera entende”, disse um dos internautas.

 

“Essa campanha deveria ser nacional de tão perfeita”, comentou outro usuário da rede.

 

Prefeitura de Salvador publica "guia para não ser um turista babaca" — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Prefeitura de Salvador publica “guia para não ser um turista babaca” — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Prefeitura de Salvador publica "guia para não ser um turista babaca" — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Prefeitura de Salvador publica “guia para não ser um turista babaca” — Foto: Reprodução/Redes Sociais

g1


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp