Brasil

Relatório do TCU indica gasto de R$ 1 milhão da Presidência com motociatas de Bolsonaro; caso será julgado nesta quarta-feira

Informações sobre os gastos com as motociatas de Jair Bolsonaro foram solicitadas por integrantes da CPI da Covid em função das aglomerações promovidas por ele em meio à pandemia de Covid-19.

 

247 – Um processo sigiloso que será julgado nesta quarta-feira (29) pelo Tribunal de Contas da União (TCU) aponta que o governo federal torrou R$ 1,062 milhão em apenas três motociatas. Os passeios foram realizados do Rio, em maio, além de São Paulo e Chapecó (SC), em junho. De acordo com a coluna da jornalista Malu Gaspar, de O Globo, o valor foi informado à corte de contas pela Presidência da República e pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

O julgamento irá decidir se Bolsonaro incorreu em irregularidades ao utilizar recursos  públicos na segurança e transporte  para ele mesmo e seus convidados. As informações sobre os gastos com as motociatas foram solicitadas por integrantes da CPI da Covid em função do ex-capitão promover aglomerações em meio à pandemia de Covid-19. 

Ainda conforme a reportagem, os técnicos do tribunal avaliam não ser possível apontar irregularidades nos gastos e que não há uma lei que diga o que é uma viagem de interesse público ou não. O inquérito, porém, poderá ser aproveitado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que apura se as motociatas foram atos de campanha política antecipada. 

*Brasil247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp