Sergipe

Sergipe vai investir mais de R$ 270 milhões para ampliar tratamento e abastecimento de água

O governador Belivaldo Chagas assinou, nesta terça-feira (09), contrato de financiamento entre Banco do Nordeste do Brasil – BNB e a Companhia de Saneamento de Sergipe – Deso, para execução de obras de saneamento. Ao todo, serão R$ 270.050.000,00 investidos. Destes, R$ 216.000.000,00 corresponde ao valor financiado e R$ 54.050.000,00 serão de contrapartida Deso.

 

“Nós estamos ajudando a desenvolver o estado, mas acima de tudo atendendo direta e indiretamente a aproximadamente 250 mil pessoas. Abastecimento de água e esgotamento sanitário é saúde e conseguir assinar, num momento como esse, um contrato que vai, ao final, gerar um recurso de R$ 270 milhões, é muito importante. Passamos dois anos em função desse projeto e contamos, portanto, com o apoio total e absoluto do BNB para poder assinar esse contrato tão importante para atender a esses municípios, a essa população, e também a própria legislação, que impõe que, até 2033, se pratique a universalização do abastecimento de água e do esgotamento sanitário. Enfim, estamos cuidando das pessoas, que é o que nos interessa”, explicou Belivaldo.

 

Sete municípios serão beneficiados com implantação de rede de esgoto Boquim, Carira, Itabaianinha, Nossa Senhora da Glória, Riachão do Dantas, Simão Dias e Tobias Barreto. Além disso, os recursos também serão direcionados à ampliação da ETA do Semiárido e implantação da 2ª Etapa da Duplicação da Adutora do Alto Sertão, no trecho de Nossa Senhora Aparecida a Simão Dias – T2/Simão Dias.

 

Segundo o presidente da Deso, Carlos Melo, esse é o maior contrato que o estado de Sergipe já assinou para investimentos em saneamento básico. “Está sendo um passo gigantesco agora, num momento muito difícil que a gente vive com relação a recursos disponíveis para o setor. É o maior contrato em investimento em saneamento que o governo do Estado de Sergipe e a Deso fizeram em toda a sua história, um marco para a história do saneamento básico em Sergipe. A gente vai avançar bastante na cobertura de esgotamento sanitário em diversos municípios do interior e há uma obra muito importante de abastecimento, que é a ampliação da oferta de água para o sertão e para municípios como Frei Paulo, Pedra Mole e Pinhão, ao levar água do rio São Francisco até Simão Dias”.

 

Carlo Melo destacou, também, a importância do investimento para saúde dos sergipanos. “Para cada real investido no saneamento, se deixa de investir R$ 5 reais em saúde pública, por isso a importância do saneamento. Com esses investimentos, conseguimos levar saúde para população, água tratada, e tem a importância do meio ambiente, para que possamos garantir o abastecimento de água para futuras gerações”, pontuou.

 

Para o superintendente estadual do BNB em Sergipe, César Santana, a operação é extremamente importante para o estado de Sergipe e para o Banco do Nordeste pelo seu alcance econômico e social. “É algo de uma magnitude tão grande que, de forma direta, a gente deve está atingindo a população em torno de 250 mil pessoas. O que estamos fazendo aqui é cidadania. E são R$270 milhões em investimentos que refletem também na geração de emprego, de renda, em pessoas que vão trabalhar para implantar esse empreendimento. E o pós, o que vai acontecer depois, é saúde pra essa comunidade. O efeito multiplicador é muito grande. Então, o que a gente está fazendo aqui é desenvolvimento, fico muito feliz porque é a nossa maior operação”, afirmou o superintendente.

 

Os recursos autorizados, também, serão direcionados a Estudos e Projetos de Engenharia Sistema Abastecimento de Água; Estudos e Projetos de Engenharia do Sistema de Esgoto; Estudos e Projetos e Aquisição de Equipamentos para ETA.

 

Ampliação

 

De acordo com Carlos Melo, os investimentos possibilitarão a ampliação da rede de abastecimento de água e coleta de esgoto no estado dialogando com o que prevê o marco legal do saneamento no país. “Pelo marco, em 2033, todo o estado tem que ter a cobertura de 99% de água e 90 % de esgotamento sanitário urbano e nós, do estado de Sergipe, já temos 98% de cobertura de abastecimento de água, falta muito pouco pra que a gente atinja essa meta. Mas a gente tem cerca de pouco mais de 50% da população urbana com cobertura de esgotamento sanitário e precisamos alcançar os 90% em 12 anos. Itabaiana recebeu recentemente investimentos e Lagarto está em andamento. Tivemos vários investimentos importantes também em Aracaju e, com esses R$ 270.050.000,00 somados às obras que estão em andamento, nós já estamos garantidos recursos e ordens de investimentos para mais de 70% da população. Ou seja, faltam apenas 20% para que a gente atinja a meta de 2033”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp