Política

[VÍDEO] Apoiador pede modelo nazista de educação e Bolsonaro responde que não pode dar ‘cavalo de pau’ no MEC

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (22) que não poderia “dar um cavalo de pau” modelo de ensino de crianças e adolescentes no Brasil de maneira adotar um trabalho de conscientização como feito na Alemanha nazista por Adolf Hitler. A afirmação foi feita após um apoiador questionar o chefe do Executivo sobre o assunto em frente ao Palácio da Alvorada.

 

“A gente via que Hitler trabalhava muito com as crianças. Nosso Ministério da Educação já poderia estar fazendo também um trabalho de conscientização?”, perguntou um apoiador. “Você não consegue. Tem ministério que é um transatlântico, não dá pra dar um cavalo de pau. Eu gostaria imediatamente de botar Educação Moral e Cívica, um montão de coisas lá , coisas boas”, respondeu Bolsonaro.

 

“Ouvi outro dia, tive o saco de ver uns dez minutos duas mulheres – podiam ser dois homens também né? Ela não sabe nada. Não sabe o que é Poder Executivo. Daí ela fala: ‘não existe deputado municipal?’. Essas coisas absurdas. Isso aí não é só essa pessoa apenas, é comum”, completou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp