Política

Wellington Dias reage à carta de Leo Pinheiro eximindo Lula: “E agora, quem pode reparar 584 dias de prisão?”

O governador Wellington Dias, presidente do Consórcio Nordeste,  reagiu à carta escrita por Léo Pinheiro em que exime o ex-presidente Lula crimes imputados na Lava Jato.

Na carta escrita em maio e anexada ao processo em junho, Pinheiro disse que nunca autorizou ou teve conhecimento de pagamentos de propina às autoridades citadas no caso.

“E agora ? Quem pode reparar 584 dias de prisão que este homem chamado Luís Inácio Lula da Silva cumpriu em cela na Polícia Federal de Curitiba ? Quem pode trazer dona Marisa Leticia que ‘morreu de angústia’ com tudo que mentiram sobre ela, o marido, os filhos…? Tudo por ambição e disputa do poder pelo poder, para tirar o Lula das eleições de 2018, por ganância financeira e coisas piores… que envolveu tantas autoridades, líderes de partidos, empresários, judiciários, meios de comunicação… e agora José?”, questionou.

 

Dias ainda se dirigiu a Lula: “Digo: você sempre foi grande e agora está maior ainda Luiz Inácio. Passar pelo que você passou e ainda ser o Cavaleiro da Esperança do Brasil? Os ‘Da Silva’ ficaram com você e muitos outros, cada vez mais, se somam e desta vez a Esperança vai vencer o medo e a mentira. Pois queremos um Brasil da Esperança e da Verdade”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp