Nordeste

ACM Neto diz que réveillon em Salvador terá formato digital: “Não vai passar em branco”

O prefeito falou também sobre a questão de reabertura das praias, que ainda não tem data para liberação

10/09/2020


Imagem ilustrativa - Vista panorâmica do Elevador Lacerda durante o réveillon na capital baiana

O prefeito de Salvador, ACM Neto, disse em coletiva nesta quinta-feira (10), que o réveillon da capital baiana terá formato virtual. O tradicional Festival Virada não será feito por causa da pandemia da Covid-19.

“Não haverá Festival Virada, porém estamos bolando um projeto especial para a virada de ano. Posso assegurar que não vai passar em branco. Vai ser uma coisa bem bacana, o formato já está pensado. Não posso anunciar ainda porque estamos buscando o apoio de empresas privadas. Estamos buscando patrocínio. A gente tem tudo para fazer em um formato novo, priorizando os meios digitais”, disse.

O prefeito falou também sobre a questão de reabertura das praias, que ainda não tem data para liberação. Segundo ele, equipes estão estudando a retomada, que será com atividades limitadas.

“Estamos analisando a volta das praias, as que poderiam voltar, porque é claro que nesse primeiro momento não vão voltar todas. Provavelmente, teremos o funcionamento autorizado apenas durante a semana, de segunda a sexta, para prática de atividades físicas e banho de mar. Claro que não vamos permitir agora a atividade comercial, nem que as pessoas cheguem lá de sombreiro, isopor e cervejinha. Terá um limite de atividades, mas ainda não há data, estamos estudando”, ponderou Neto.

ACM Neto disse ainda que, entre sexta-feira (11) e segunda (14), a prefeitura deve anunciar a liberação de novas atividades, e que as praias não estarão incluídas nessa remessa.

“Nesse próximo anuncio não pretendemos liberar praias, porém estamos cada vez mais próximos disso, desde que população compreenda que uso da praia será específico e limitado. Não acho que é momento da gente correr o risco que acontece em outras praias do Brasil, hiperlotadas e com diversas aglomerações”, avaliou.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.