Brasil

Associação de Juízes para a Democracia entra com representação contra Bolsonaro na PGR

A Associação Juízes para a Democracia (AJD) ingressou nesta terça-feira (26) com uma representação contra a Jair Bolsonaro junto a Procuradoria-Geral da República (PGR). Na ação, feita com base nos artigos 132, 257 e 268 do Código Penal, a AJD classifica a atuação de Jair Bolsonaro no enfrentamento à pandemia como “desastrosa”.

“Na contramão da recomendação da OMS de adoção, pelos países, de ‘uma estratégia integral e combinada para prevenir infecções, salvar vidas e minimizar o impacto’ da crise, sua condução no Brasil, pelo atual ocupante do cargo de Presidente da República, tem ocorrido de maneira desastrosa​”, diz o um trecho do documento, de acordo com reportagem do blog da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. paulo.

A AJD ressalta, ainda, “mais completa omissão do ocupante do cargo de Presidente da República” para resolver a crise da falta de oxigênio hospitalar em Manaus (AM). “No dia 28/12/2020, Jair Bolsonaro, mesmo diante do prognóstico de agravamento da situação no Amazonas, declarou que ‘Nós não aguentamos mais o lockdown, mais medidas restritivas que quebram a economia’, enfatizando que ’em Manaus o povo ignorou o decreto do governador’. No dia 29/12/2020, a cidade de Manaus bateu recorde de internações por Covid-19 desde o início da pandemia”, diz outro trecho da ação.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp