Ceará

Ceará ganha reforço no sistema de transmissão de energia e garante mais infraestrutura para atração de investimentos

20/10/2020


Imagem ilustrativa - Chesf-CE

Revista Nordeste

O Ceará passou a contar, neste mês, com um novo trecho de transmissão, em circuito duplo, com a ampliação da subestação de Aquiraz II. O reforço na capacidade de transporte de energia do estado foi realizado pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), através da articulação da Secretaria da Infraestrutura do Ceará – Seinfra.

“A construção dessa nova linha de transmissão foi uma demanda apresentada pela secretaria, porque é fundamental para garantir suprimento de energia para o estado, como um todo. Ela vai garantir a atração de mais investimentos nas áreas de geração solar e eólica, visto que o escoamento dessa energia estará garantido, num sistema ainda mais confiável”, comemora o secretário Executivo de Energia e Telecomunicações da Seinfra, Adão Linhares.

Com investimento de R$ 24 milhões, os novos circuitos têm 20 quilômetros de extensão e são resultado do seccionamento da LT 230kV Banabuiú/Fortaleza 04F2.

Imagem ilustrativa – Chesf/CE

Além desse empreendimento, o Ceará deve passar a contar, ainda em 2020, com a nova linha de transmissão (LT 230 kV) Banabuiú/Russas II, com extensão de 112 quilômetros, que é um novo seccionamento no eixo Banabuiú/Fortaleza para a subestação Aquiraz II. A obra representa o aumento da capacidade de transporte de um trecho de linha de transmissão entre essa subestação e a subestação Fortaleza.

“Esses novos ativos ampliam a confiabilidade da Rede Básica do Sistema Interligado Nacional (SIN) e evidenciam os resultados dos investimentos desenvolvidos pela CHESF no Estado do Ceará”, afirma o superintendente de Implantação de Empreendimentos da Chesf, Eduardo Matos.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.