Política

Eleição nos EUA: Trump e Biden estão em queda de braço por eleitores da Flórida; país registra recorde de votos antecipados

19/10/2020


Trump e Biden

Revista Nordeste

Na reta final da corrida à Casa Branca, o presidente Donald Trump e o democrata Joe Biden estão de olho na Flórida nesta segunda-feira (19). Esse é um dos estados mais decisivos das eleições.

Pesquisas apontam que os dois estão tecnicamente empatados. Por isso, querem atrair os votos de dois dos maiores grupos de eleitores por lá: os hispânicos e os idosos.

Recorde
Mais de 25 milhões de americanos votaram, por correio ou pessoalmente, de acordo com uma contagem do US Elections Project, um sistema online de estatísticas eleitorais da Universidade da Flórida.

Esses números recordes ocorrem em meio a uma eleição fortemente polarizada. Embora os números estejam atualmente a favor de Biden, a eleição ainda não foi decidida.

Quase 75 milhões de votos foram solicitados ou enviados pelo correio, mais do que o dobro dos 33 milhões das eleições de 2016, e as autoridades locais estabeleceram caixas de correio ou pontos especiais para depositar o voto.

Essas medidas respondem à forte demanda dos eleitores, que temem pegar à Covid-19 se forem às urnas no dia das eleições.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.