Rio Grande do Norte

Fátima Bezerra anuncia novo decreto com ampliação do toque de recolher no RN

A governadora do Rio Grande do Norte, professora Fátima Bezerra, declarou em entrevista coletiva, realizada nesta sexta-feira (5) na Escola de Governo, que o toque de recolher passará a ser das 20h às 06h, de segunda a sábado, e aos domingos será integral. O novo horário é válido a partir deste sábado (6), com a publicação do decreto em edição extra do Diário Oficial de hoje. Os serviços essenciais continuarão funcionando, mas para ter o direito de circular, as pessoas deverão comprovar a necessidade.

“O RN vive um pré-colapso no seu sistema. Todos os esforços estão sendo feitos para abertura de novos leitos, mas esse trabalho não está sendo o bastante para conter a propagação do vírus. Não vou iludir a população do Rio Grande do Norte afirmando que basta abrir leitos. É imperativo que a gente adote o isolamento social”, recomendou a chefe do Executivo estadual. Na ocasião, ela estava visivelmente emocionada ao anunciar que 73 pacientes estão na fila de espera por um leito de UTI, em Natal e região metropolitana.

A ampliação do toque de recolher e as recomendações para os municípios, estão relacionadas ao novo decreto estadual que será publicado em edição extra do Diário Oficial do Rio Grande do Norte nesta sexta-feira (05). No mais, permanecerão em vigor as recomendações do decreto anterior, como a proibição de funcionamento de parques esportivos, circos, clubes sociais, suspensão de atividades religiosas, missas, cultos e congêneres, além de aulas presenciais e eventos corporativos.

Fátima afirmou que conversou com o prefeito da capital, Álvaro Dias, e com o prefeito Allysson Bezerra, de Mossoró, pedindo a compreensão de ambos para a adoção de medidas restritivas. “É nesse sentido que conclamamos mais uma vez aqui, população e prefeitos, para que nós estejamos unidos no pacto pela vida.”

A governadora disse ainda que continua lutando por mais vacinas para o estado, considerando que quanto mais avançarmos no processo de imunização, mais rápido seguiremos para a retomada da vida normal. “O Governo está fazendo sua parte e a população tem que fazer a sua parte também. É imprescindível que sejam cumpridas as determinações do decreto, para que a gente possa cuidar do povo potiguar”, reiterou.

Por fim, fez um apelo: “Não temos o direito de vermos todos os dias os nossos entes indo embora. Tenho dito que não sossegarei um só minuto para fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para salvar vidas do povo potiguar. A vida se impõe em qualquer situação. Em primeiro lugar, nós temos o dever e a obrigação de cuidarmos da saúde do nosso povo. Para que de mãos dadas possamos conter a propagação do vírus.”

O titular da Secretaria de Estado da Saúde (Sesap), Cipriano Maia, informou que o sistema Regula RN apresentou alta de 17 leitos relativos a novos óbitos – “o que mostra a gravidade da situação”, pontuou. Ele explicou que o novo decreto é baseado nas recomendações do Comitê de Especialistas da Sesap. Porém, além das medidas contidas no decreto, os especialistas emitiram um documento com uma série de recomendações, como por exemplo, a não propagação de medicamentos de prevenção, ”pois não há evidências científicas e pode dar a falsa ilusão de que as pessoas estão protegidas.”

BOLETIM COVID

Casos – Confirmados: 171.943; Suspeitos: 93.241; Descartados: 370.755.

Óbitos confirmados: 3.709, sendo 14 nas últimas 24h – Natal (04), Parnamirim (02), João Câmara (01), Santo Antônio (01), Mossoró (04), Tenente Ananias (01) e São Rafael (01).

Suspeitos: 780; Descartados: 722.

Acesso aos Boletins: https://portalcovid19.saude.rn.gov.br 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp