Piauí

Governo do PI implanta coordenação para atuar com desenvolvimento sustentável

Coordenação implantará ações e metas contra a pobreza, proteção do planeta e bem-estar social.

14/11/2019


Com objetivo de contribuir para construção de uma sociedade socialmente inclusiva e ambientalmente sustentável, o Governo do Estado do Piauí através da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), realizou nesta quinta-feira (14) a implantação da Coordenação Estadual para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que implantará ações e metas contra a pobreza, proteção do planeta e bem-estar social.

Wellington Dias ressaltou a importância da criação da Coordenação “É complexa a organização de um plano global, mas foi um dos maiores avanços da humanidade saber qual é o planeta, no nosso caso, saber o Piauí que queremos em 2030. Recebi hoje o relatório e apresentação do plano e agora vamos trabalhar integrado com os municípios e com a coordenação para os ODS, que vai nos ajudar na implementação e acompanhamento das metas traçadas. Queremos, dentre muitas coisas, reduzir a mortalidade infantil, melhorar indicadores em educação, reduzir feminicídio, melhorar a renda e avançar na erradicação da pobreza”.

Ainda na solenidade foi lançada a plataforma ODS Piauí, onde será possível acessar os dados de todo o estado analisados à luz dos ODS e também os diagnósticos das pesquisas que foram realizadas dentro da parceria Seplan-PNUD.

Para Rejane Tavares, superintendente de Planejamento Estratégico e Territorial da Seplan, a plataforma é de acesso público e está acessível a todos, “A plataforma ODS é uma ferramenta interativa que vai permitir que a sociedade civil possa acessar as informações e acompanhar a evolução do Piauí em relação aos objetivos de desenvolvimento sustentável e os principais indicadores, lá dentro também vão encontrar todos os documentos elaborados durante essa parceria com o PNUD. Em 15 dias a ferramenta estará disponível ao público”.

Ieva Lazarevicute, assessora de desenvolvimento territorial do PNUD, destacou a necessidade da realização de ações que impulsionem o desenvolvimento sustentável no Estado, “ O Piauí e o mundo tem determinados desafios e eu diria que o principal é garantir que quando solucionado um problema, a situação do outro lado não piore. Para isso podemos trabalhar de uma forma integrada econômico, social e ambientalmente. A comissão que foi instituída hoje é essencial para isso, pois se não existe um único espaço de diálogo em diferentes setores e áreas temáticas, não há como garantir esse alinhamento. É uma contribuição indispensável para tanto, mas também para o monitoramento, assegurando que os compromissos sejam cumpridos e, nesse sentido, a plataforma que está sendo lançada é importante no processo, pois é uma ferramenta dinâmica para monitorar o progresso”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.