Brasil & Mundo

Mandato de Weintraub será apenas até outubro, diz Banco Mundial

Instituição afirma que daqui a quatro meses deverá ser feita uma nova indicação para o cargo

19/06/2020


Imagem meramente ilustrativa

Caso a indicação seja aprovada, o agora ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, ficará como diretor executivo do Banco Mundial (Bird) somente até o próximo dia 31 de outubro.

Weintraub vai cumprir o restante do atual mandato, que era de Fábio Kanczuk. Ele deixou o cargo no ano passado para ser diretor de política econômica do Banco Central (BC).

Após essa data, será necessária uma nova nomeação e eleição para que Weintraub permaneça na direção executiva do Banco Mundial.

A cadeira representada pelo Brasil é integrada por Colômbia, Equador, Trinidad e Tobago, Filipinas, Suriname, Haiti, República Dominicana e Panamá. Esses países precisam validar a indicação.

LEIA MAIS: Com juros baixo, Queiroz e Weintraub, Dólar bate R$ 5,37 nesta quinta-feira


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.