Política

Procuradores pedem demissão de Eitel Santiago a Augusto Aras

A pressão pela demissão ocorre após declarações dadas por Eitel à CNN Brasil, em que ele afirmou que existiam “ilegalidades” nas prisões preventivas da Lava-Jato

14/07/2020


Eitel Santiago

Um documento assinado por 295 procuradores foi encaminhado ao procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras, para pedir a demissão do paraibano Eitel Santiago, secretário-geral da PGR.

O abaixo assinado aponta “adesão coletiva de membros do Ministério Público Federal” ao memorando feito por quatro subprocuradores-gerais da República que integram o Conselho Superior do órgão solicitando o desligamento de Santiago, segundo a coluna de Bela Megale.

A pressão pela demissão ocorre após declarações dadas por Eitel à CNN Brasil, em que ele afirmou que existiam “ilegalidades” nas prisões preventivas da Lava-Jato e na divulgação dos nomes de investigados, além de ter feito elogios ao presidente Jair Bolsonaro e afirmado que “foi Deus o responsável pela presença de Bolsonaro no poder”.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.