Internacional

Universal em crise: bispos e pastores em Angola denunciam venda de patrimônio e ordem de divisas para o Brasil

Ordens, segundo denúncia, partiram do seu líder brasileiro Edir Macedo.

29/11/2019


Revista NORDESTE

O jornal O País, de Angola, estampou em sua capa, na manhã desta sexta-feira (29) a crise da Igreja Universal no continente africano. Segundo a publicação, um grupo de bispos e pastores se reuniram, na catedral de Maculusso, em Luanda, para manifestar o seu descontentamento com o rumo que a igreja vem tomando, resultante de ordens recebidas por seu líder brasileiro Edir Macedo.

Ainda de acordo com a publicação, pastores publicaram um manifesto em suas redes sociais contra as ordens do líder. No documento, aproximadamente 330 bispos, pastores, obreiros e membros angolanos não concordam com o comportamento e práticas adotadas pelo brasileiro, tais como evasão de divisas para o exterior.

Na denúncia consta que Edir Macedo tem vendido mais de 50% do seu patrimônio no País, sem prévia consulta aos líderes locais, que incluem residências e terrenos adquiridos e construídos com os dízimos e ofertas dos membros.

Confira:


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.