Brasil

Bolsonaristas silenciam sobre ataques de Bolsonaro às urnas; ministros do STF resumem: ‘ato de desespero’

Membros do Centrão, base do governo no Congresso, já desistiram de convencer Bolsonaro a cessar os ataques ao processo eleitoral

247 – Membros de partidos aliados ao governo Jair Bolsonaro (PL) silenciaram sobre os ataques do ocupante do Palácio do Planalto às unras eletrônicas. Nesta segunda-feira (18), ele se reuniu com embaixadores para disseminar mentiras sobre o processo eleitoral brasileiro.

Ao Estado de S. Paulo, um integrante do Centrão, da base aliada bolsonarista, afirma que várias tentativas de demover Bolsonaro dos ataques às urnas já foram feitas: “todos já falaram com ele, e ele não tem jeito”.

Na última semana, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), aliado de primeira hora de Bolsonaro, disse a interlocutores que se ele quiser ganhar a eleição, precisa mudar sua rota. “Lira tem dito que as declarações não caem bem no eleitorado do Sudeste, onde o presidente precisa investir para crescer. Ainda assim, ninguém no meio político acredita que Bolsonaro vá ouvir os conselhos”, informa a reportagem.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp