Ceará

Ceará abre cadastro para vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19

O Governo do Ceará já liberou o cadastro de vacinação contra Covid-19 para crianças entre 5 e 11 anos. O anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana, através de uma postagem em suas redes sociais, logo após a área técnica da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizar, nesta quinta-feira (16), a aplicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 em crianças dentro dessa faixa etária.

 

“Lembro que, para vacinarmos as nossas crianças, dependemos do envio de novas vacinas por parte do Ministério da Saúde, uma vez que o imunizante, fabricado pela Pfizer, tem uma composição diferente daquele oferecido para jovens e adultos. O cadastro pode ser feito pelo https://vacinacaocovid.saude.ce.gov.br. Não temos medido esforços para vacinar toda nossa população o mais rápido possível”, ressaltou o governador do Ceará.

 

Ainda não há previsão de quando a imunização desse público vai começar.

 

A mesma autorização de uso já foi concedida pelo FDA e pela EMA (agências regulatórias de saúde dos Estados Unidos e União Europeia), além de países como Costa Rica, Colômbia, República Dominicana, Equador, El Salvador, Honduras, Panamá, Peru e Uruguai.

Eficácia acima de 90%

 

Em outubro, a Pfizer informou que a vacina é segura e mais de 90,7% eficaz na prevenção de infecções em crianças de 5 a 11 anos.
A dose para as crianças entre 5 e 11 anos de idade é 1/3 da formulação já aprovada no Brasil. A formulação pediátrica é diferente daquela aprovada anteriormente para o público com mais de 12 anos – portanto, não pode ser utilizada a formulação de adultos diluída.

 

A criança que completar 12 anos entre a primeira e a segunda dose deve manter a dose pediátrica.

 

Não há estudos sobre a coadministração com outras vacinas. Segundo a Anvisa, até que saiam mais estudos, é indicado um intervalo de 15 dias entre a vacina da Covid-19 e outros imunizantes do calendário infantil.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp