Nordeste

Condomínio “Águas da Serra” mantém Campo de Golfe como diferencial e arrecada R$ 1.350 milhão para resolver recursos hídricos

Por Walter Santos

 

EXCLUSIVO – Enquanto diversos empreendimentos em Bananeiras ainda discutem o que fazer diante da estiagem e a falta de água, há realidade diferenciada, como se dá no Condomínio “Águas da Serra”, que já arrecadou R$ 1.350.000,00 para implantar projeto alternativo de atendimento de recursos hídricos aos Condôminos, através da Lagoa dos Patos.

 

Foi o que revelou com Exclusividade, o síndico do Condomínio, Clodomiro Morais Frazão, de Guarabira, ainda animado com a gestão de resultados para atender as demandas dos Condôminos, em especial o Campo de Golde tratado como vitrine.

 

Eis a entrevista na integra:

 

WSCOM-  Como poderíamos definir o Condomínio Águas da Serra dentro de um segmento muito forte ultimamente em Bananeiras, Solânea e Areia? Quais os atrativos diferenciados em relação aos demais?

 

FRAZÃO – A natureza predominante com uma imensa área  verde totalmente  preservada, além  do clima dessa belíssima  cidade.

 

WSCOM – A falta de água na região em torno de Bananeiras e Areia é algo que preocupa. Como o Sr na condição de síndico tem atuado para amenizar os efeitos?

 

FRAZÃO – Temos agido, sim, e já  estamos com R$ 1.350,000,00 em caixa, para implantarmos o Lago  dos Patos, um pleito  muito antigo de todos os Condôminos. Aliás já temos a autorização  da AESA e só estamos aguardando  a autorização  dos condomínos para iniciarmos as obras.

 

WSCOM – Algum tempo atrás,  havia exposição de um Campo de Golfe como fator diferencial do condomínio.  Qual a realidade atual desse equipamento?

 

FRAZÃO –  Compramos em nossa gestão todos os equipamentos  de manutenção e continua a todo vapor. Alias, o Campo de Golfe é  a vitrine  do nosso condomínio.

 

WSCOM – Que raio X poderíamos dar ao Condomínio em termos de ocupação de áreas e ou terrenos? Quantos percentual mente estão já ocupados e o que resta à venda?

 

FRAZÃO –  Graças  a Deus  estamos com 80% de lotes construídos e atualmente  com 130 outras construções. Quem teve a sorte de  investir  em nosso condomínio está  de parabéns.  Retorno garantido. Há dois anos atrás  um terreno era em média  60.000 reais, hoje gira em torno de 350.000 reais.

 

WSCOM –  Quem se interessar ainda por aquisição, o que deve fazer e qual o valor médio de terrenos?

 

FRAZÃO – Não  existe  mais terreno disponível.  Tudo  esgotado


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp