Política

Ernesto Araújo tem depoimento na CPI da Covid adiado

O ex-chanceler Ernesto Araújo teve seu depoimento na CPI da Covid no Senado adiado desta quinta-feira (13) para a próxima semana, informa o jornalista Daniel Adjuto, da CNN Brasil. Ernesto será questionado se o país sofreu prejuízos durante sua gestão na aquisição de insumos e vacinas por causa da política externa do governo Bolsonaro.

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello também teve seu depoimento adiado. Primeiro, a justificativa foi suspeita de Covid-19, mas, logo após, ele foi flagrado com o chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni.

Agora, a estratégia de Pazuello é conseguir um habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal) para adiar o depoimento marcado para o próximo dia 19. A movimentação foi classificada como “artifício jurídico” pelo vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP).


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp