Brasil

Mesmo sem plano contra covid-19, Bolsonaro não é responsabilizado pela população pelas 181 mil mortes

Pesquisa Datafolha apontou que 52% não o consideram culpado pelas mortes, enquanto 38% o veem como um dos culpados e apenas 8% como o maior responsável.

247 – O fato de Jair Bolsonaro ter apostado em tratamentos alternativos sem comprovação científica, como o da cloroquina, e de não ter um plano nacional de vacinação, não faz com que os brasileiros o vejam culpado pelas mais de 181 mil mortes já registradas no Brasil, em decorrência da covid-19.

“Para 52% dos entrevistados, Bolsonaro não tem nenhuma culpa pelo total de mortos pelo novo coronavírus no Brasil. Outros 38% disseram crer que o presidente é um dos culpados, mas não o principal, e 8% afirmaram que ele é o principal culpado pelas mortes”, aponta reportagem da Folha de S. Paulo sobre sua aprovação, hoje em 37%.

A despeito do seu negacionismo, cresceu a parcela da população que o isenta de responsabilidade. “Eram 47% os que diziam que ele não tinha culpa nenhuma em pesquisa feita pelo Datafolha em agosto”, lembra a reportagem.

 

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp