Nordeste

Na Bahia, Bolsonaro faz discurso antidemocrático e diz que não deixará de “tomar a frente do Brasil”

Em evento em Porto Seguro nesta sexta-feira (22), Jair Bolsonaro seguiu defendendo em sua fala o perdão que concedeu a Daniel Silveira, afrontando decisão do STF que o condenou por fazer ameaças antidemocráticas, incluindo a implantação do AI-5.

 

Em evento alusivo aos 522 anos do Brasil ele voltou a falar em “liberdade”, um dia após conceder a Daniel Silveira o indulto que anulou sua condenação no STF por atacar os ministros da Corte.

 

“Vocês devem saber como as decisões muitas vezes são difíceis. Mas, eu sei que pior que uma decisão mal tomada é uma indecisão. Nós não deixaremos de, na hora certa, seja com o sacrifício do que for, tomar a frente do nosso Brasil.”

com 247


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp