Paraíba

Paraíba investiga 11 casos suspeitos de coceira; surto se iniciou em PE

Secretaria de Estado de Saúde emitiu um ofício sobre “lesões cutâneas a esclarecer”. Cidade mais afetada é João Pessoa, com cinco possíveis casos.

A Paraíba já investiga 11 possíveis casos da coceira, que teve início em Pernambuco, e que vem se alastrando rapidamente. São cinco casos em João Pessoa, dois em Cajazeiras e um em Alagoa Nova, Caldas Brandão, Campina Grande e Maturéia. Os registros aconteceram entre 25 e 29 de novembro.

O documento da Secretaria de Estado da Saúde (SES) fala em “lesões cutâneas a esclarecer” e enumera também os principais sintomas apresentados.

Em todos os casos as pessoas apresentaram prurido, que é o nome técnico para a coceira. Mas há também erupção cutânea em 73% dos casos, mancha vermelha em 55% e dor de garganta em 36%. Outros sintomas registrados em menor número são dor de cabeça, febre, coriza, diarreia, fadiga, irritação ocular, mal estar, náusea e vômito.

O secretário-executivo de Saúde do Governo da Paraíba, o médico Daniel Beltrammi reafirmou que os casos ainda estão sob análise e que novas informações serão dadas assim que possível.

“Todas essas notificações seguem em investigação para que possamos compreender suas causas”, explicou Beltrammi.

No dia 25, a SES já tinha publicado uma nota técnica com orientações para os profissionais de saúde do estado. O surto em Pernambuco começou em outubro e até o momento já atingiu mais de 200 pessoas do estado vizinho.

 

*G1PB


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp