Pernambuco

Paulo Câmara visita novo Centro de Distribuição da Amazon em Pernambuco

Empreendimento está localizado no município do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife

O governador Paulo Câmara visitou, na última semana, as instalações do novo Centro de Distribuição da Amazon, no município do Cabo de Santo Agostinho, Região Metropolitana do Recife. Acompanhado da secretária executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, e do presidente da Adepe, Roberto Abreu e Lima, o governador foi recebido pelo gerente nacional de Relações Públicas da empresa, Thomas Kampel, e pelo gerente nacional de Relações Políticas da Amazon, João Barroso. Segunda operação da empresa no Estado, o CD foi inaugurado nesta terça-feira (05.10), tem 41 mil metros quadrados – o equivalente a cinco campos de futebol – e possibilitará a criação de até 860 novos empregos na região.

“Ficamos muito satisfeitos em ver que as empresas confiam cada vez mais em Pernambuco para instalar seus negócios. No caso da Amazon, a localização estratégica e as condições necessárias para a implementação do centro de distribuição ratificaram nossa vocação para atuar como hub logístico regional. Diante de tantos desafios impostos pela pandemia temos, dentro do nosso Plano Retomada, a certeza de que essas ações são fundamentais para gerar emprego e renda para o povo pernambucano. Seguimos com essa determinação”, afirmou Paulo Câmara.

Com a inauguração, a Amazon já gerou mais de dois mil postos de trabalho em 2021 apenas na área de operações no País, empregando mais de 6,3 mil pessoas no setor, além de outras vagas temporárias previstas para a Black Friday e para o Natal.

“O Nordeste é uma região de extrema importância para a Amazon. Tanto é que estamos inaugurando a nossa segunda operação em Pernambuco. Com isso, nosso intuito é aumentar a capacidade logística da empresa no País, aumentando a variedade e aproximando os produtos comercializados, melhorando a experiência dos clientes e reduzindo o tempo de entrega em nível nacional, além de gerar emprego e renda para as comunidades em que atuamos. Nós gostaríamos de agradecer ao Governo do Estado e a todos os times que trabalharam incansavelmente para nos ajudar em nossa importante expansão na região”, disse o diretor de operações da Amazon no Brasil, Ricardo Pagani.

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Geraldo Julio, ter uma empresa como a Amazon no Estado revela a confiança na eficiência do polo logístico. “Além de localização privilegiada, o Estado mostra sua capacidade de dialogar com o setor privado e oferecer o apoio necessário”, ressaltou.

Com o novo empreendimento, a Amazon passa a operar um total de onze centros de distribuição no Brasil: cinco em Cajamar (SP), um em Betim (MG), um em Santa Maria (DF), um em Nova Santa Rita (RS), um em São João do Meriti (RJ) e dois no Cabo de Santo Agostinho (PE).

Fotos: Hélia Scheppa/SEI

*Secom PE

 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp