Ceará

Problemas de drenagem de Fortaleza geram debate na Assembleia e na Câmara

As últimas chuvas registradas em Fortaleza nos últimos dias tem demonstrado os graves problemas de drenagem das ruas e avenidas da capital cearense e principalmente, nas áreas de risco. Tanto na Câmara Municipal como na Assembleia Legislativa, o tema foi alvo de discursos de parlamentares. No domingo(3), imagens do prefeito Roberto Cláudio e do governador Camilo Santana verificando a situação das áreas de alagamento provocaram polêmica.

Na sessão de hoje da Câmara Municipal, o vereador Ronivaldo Maia (PT) utilizou o tempo de liderança da oposição para denunciar o problema. De acordo com Ronivaldo Maia, “os problemas de urbanização e drenagem são as principais causas de alagamento de Fortaleza. Falta na cidade projetos de drenagem e por causa da urbanização desordenada, isso impacta em alagamentos em áreas já conhecidas”

Ronivaldo reconheceu que a cidade está recebendo chuva acima da média, mas acredita que o problema de alagamento se dá por conta da falta de políticas públicas e por falta de drenagem. O parlamentar afirmou que além de falta de projetos de drenagem, o lixo não coletado e acumulado nas ruas também agravam o problema, entupindo bueiros e consequentemente causando alagamentos quando há chuvas. Ronivaldo também lamentou a ausência da Defesa Civil. “A Defesa Civil está esvaziada, comunidades ligaram pra lá no sábado a tarde e só hoje que a Defesa Civil vai lá? Lá na Defesa existe o conhecimento, a sensibilidade humana, mas o abandono a essa estrutura da Defesa Civil dificulta, eles não conseguem chegar mais nas vítimas de maneira eficiente. Mesmo que possa parecer natural ou normal ter esse problema por conta de chuva forte, não devemos nos habituar a naturalizar o que não é natural. Precisamos exigir, fiscalizar o Executivo e colaborar”, concluiu.

Na Assembleia Legislativa o deputado Heitor Férrer (PSB), pré-candidato à prefeito de Fortaleza, abriu o primeiro expediente da sessão plenária desta terça-feira (05/04) criticando postagem feita no Facebook pelo ex-governador do Estado Cid Gomes. Na publicação, o ex-governador sugere que, enquanto o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o atual governador, Camilo Santana, “metem o pé na lama” em área inundadas da Capital, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) se reúne com o deputado Danniel Oliveira (PMDB) e outras lideranças partidárias no município de Lavras da Mangabeira. Heitor Férrer qualificou a postagem como “jocosa e desrespeitosa”.

O deputado Joaquim Noronha em pronunciamento na ordem do dia da sessão plenária desta terça-feira (05/04), apelou que a população e os parlamentares fugissem das comparações em relação à atenção do governador Camilo Santana e do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) a respeito dos alagamentos provocados pela chuva em Fortaleza e analisassem o real problema. “Quero fugir dessa comparação de imagens e adentrar no real problema. Estamos vendo aquele acúmulo de água em Fortaleza e eu pergunto onde está o esgotamento sanitário dessa cidade. Por que a água acumulada não evacua? Qual a porcentagem de cobertura sanitária em Fortaleza? Mais de 50% dessa cidade é deficitária em saneamento básico e é aí onde precisamos trabalhar. Onde está a solução?”, questionou. 


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp