Política

André Mendonça será relator da notícia-crime contra Bolsonaro no caso do Iphan

Um dia após a sua posse, André Mendonça, o ministro ‘terrivelmente evangélico’ indicado por Jair Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF), foi sorteado nesta sexta-feira (17) para ser o relator da notícia-crime contra o mandatário por prevaricação e advocacia administrativa no caso do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), informou o G1.

 

A notícia-crime foi apresentada pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) depois que Bolsonaro afirmou que mandou “ripar” servidores do Iphan após ser informado que o órgão paralisou uma obra do empresário bolsonarista Luciano Hang.

 

Após as declarações de Bolsonaro, na última quarta-feira (15), o Ministério Público Federal pediu à Justiça o afastamento da presidente do Iphan.


Os comentários a seguir são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Recomendamos pra você


Receba Notícias no WhatsApp